quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Natura Ekos

Hoje vamos conhecer um pouco sobre a linha de produtos Natura Ekos que  buscam na biodiversidade brasileira as matérias-primas que compõem suas fórmulas. Assim, folhas, frutos, amêndoas, sementes e raízes da flora mais diversa do planeta passam a ser conhecidos como ativos, pois se tornam os principais ingredientes de shampoos, condicionadores, sabonetes, hidratantes, óleos e frescores do vasto portfólio da marca.



Clique no link e saiba mais sobre cada ativo.

Açaí
Rico em vitaminas, este fruto de rubros tons traz saúde para os povos da floresta. É sinônimo de alimentação, cuidado e sabor. O óleo de açaí contém um extrato aromático com propriedades emolientes e hidratantes para a pele.

Andiroba
A andiroba é conhecida como o “santo remédio da floresta”. De sua árvore, aproveitam-se casca, folhas e o óleo das sementes para diversos fins medicinais.

Breu Branco
É uma resina de odor natural, agradável e fresco, que nasce do núcleo do tronco de uma árvore de mesmo nome, nativa da floresta Amazônica. Sua fragrância surpreende pelo frescor.

Buriti
Típico dos Cerrados, tudo se aproveita desse fruto: raízes, caule, palha e polpa. A polpa do buriti é utilizada contra queimaduras e o seu óleo proporciona cosméticos que protegem a pele e possui uma fragrância delicada e refrescante.

Cacau
Depois de retiradas, as amêndoas de cacau são colocadas para secar ao sol. Em seguida, elas são torradas, moídas e remoídas até surgir uma manteiga super-hidratante, rica em ômega 9.



Capim Limão
Matinho cheiroso encontrado em cada cantinho do Brasil, também conhecido como capim-santo e chá-de-estrada, tem propriedades calmantes, que reduzem a ansiedade e o estresse.

Castanha
A tradição reserva às mulheres a função de ralar e espremer a castanha, transformando-a em um leite nutritivo que alimenta e fortalece as pessoas das comunidades da floresta. O óleo de castanha tem propriedades hidratantes e emolientes.

Cupuaçu
Originário da região amazônica, principalmente em sua fronteira com o cerrado, o cupuaçu é fonte primária na alimentação das populações locais. De sua polpa cremosa e de sabor exótico são feitos doces e suco, além de poder ser produzido um extrato aromático utilizado para perfumação.

Estoraque
Cultivada do norte ao sudeste do Brasil, o estoraque se adapta a regiões ensolaradas e quentes. A planta passou a fazer parte da vida dos brasileiros por meio dos tradicionais banhos de cheiro.

Maracujá
Com sabor de ponta azeda e poder calmante, a polpa do maracujá serve como alimento, enquanto seu óleo, retirado das sementes, é utilizado em cosméticos de textura leve e fragrância refrescante.

Mate Verde
Com grande poder de adstringência, o mate verde, originário da Mata Atlântica, mais exatamente da região Sul do País, promove uma suave sensação de frescor na pele.

Pitanga
Ricas em canais aromáticos, as folhas de pitanga são tradicionalmente colocadas em cestos ou usadas em procissões para que seu perfume fresco contagie o ambiente.

Priprioca
É o principal ingrediente de um bom banho de cheiro. Seu óleo essencial é extraído da raiz, gerando uma pequena quantidade do líquido raro e de aroma único.


Fonte: http://www.naturaekos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. E ai o que vocês acharam? Façam seus comentários, críticas e sugestões =)